A análise:

Na primeira pintura, um cipó vermelho, enrolado a uma árvore, destaca-se das cores frias do fundo, cortando a paisagem em duas, ao mesmo tempo em que se integra perfeitamente à vegetação.


A segunda retrata uma mata rica em detalhes, que se fundem, e individualidades, que se atravessam.


Ambas integram a série Cipós, fruto da busca do artista por suas origens indígenas e de uma imersão no Centro-Oeste brasileiro.

 

20º Festival de arte contemporânea Sesc - Videobrasil

Projeto "Panoramas do sul"

Datas - 03 de outubro de 2017 a 14 de janeiro de 2018

SESC Pompéia São Paulo -SP

  • Facebook
  • Instagram